terça-feira, 21 de agosto de 2018

Transcrição do Mês - Jeff Berlin - Joe Frazier (Round Two)



Olá pessoal!

Estamos de volta nesta semana para mais uma transcrição do mês. E esta transcrição conta com o baixista Jeff Berlin na música Joe Frazier - Round Two lançada no álbum Pump It de 1986, a nível de curiosidade, a música Joe Frazier foi lançada no álbum Gradually Going Tornado do baterista Bill Bruford no ano de 1980.

Na introdução da música o baixista utiliza a técnica de Slap, sendo esta muito pouco explorada por Berlin em outras canções. Neste trecho ele toca a fundamental de cada acorde com alguns cromatismos.

No Compasso 9 temos o tema A que é feito utilizando a escala de E maior com "blue notes" em algumas passagens. Preste atenção também em algumas notas naturais que aparecem durante o trecho, pois elas dão um molho todo especial ao fraseado. Esta frase é muito interessante para estudar digitação e este trecho vai do compasso 9 ao 16 e retorna do compasso 25 ao 32, e por fim na última parte da música, a partir do compasso 144.

No Compasso 17 tem início o B da música, em que o baixista faz uma frase bem legal usando a nota E como pedal, variando as suas oitavas. Esta parte dura até o compasso 24 no qual o baixista faz uma frase bem interessante utilizando a pentatônica de E maior. 

A partir do compasso 33 temos o C da música. Neste trecho é utilizado o acorde de G como base, e o baixista varia entre esta nota e cromatismos. Este trecho ocorre do compasso 33 ao 41 e do 90 ao 105.

No compasso 42 tem início uma levada que conta com uma harmonia bem interessante com os acordes de G, Eº, F e F#7, sendo que novamente o baixista utiliza as fundamentais e oitavas dos respectivos acordes para construir a levada. Esta sequencia serve como base para o solo de baixo que se inicia começa no compasso 50. Este solo é bem complexo, sendo que, em solos assim eu costumo ouvir as frases e marcar as mais interessantes para poder estudar separadamente. Por exemplo no compasso 58 em que o baixista utiliza uma sequencia de arpejos descendentes de G maior. O compasso 60 também possui uma frase bem legal para estudar, mais pelo lado da digitação do que das notas em si. O solo termina no compasso 65.
Do compasso 66 ao 81 temos mais uma levada em que o baixista trabalha novamente com a Fundamental e a 8ª dos respectivos acordes, com uma variação na quarta frase de cada repetição, utilizando a escala Blues maior de Bb. Esta parte é a E, sendo que ela se repete entre os compassos 106 e 115.
Na parte F o baixista utiliza a escala de E maior para fazer as frases sobre uma harmonia que varia entre o I e o IV, e este trecho acontece entre os compassos 82 e 89 e depois entre os compassos 116 e 123.
A música ainda tem mais duas partes a parte G e a parte H, mas o baixo continua variando entre as notas do acorde e aproximações cromáticas. No compasso 143 temos uma frase bem complexa feita pelo baixista usando ligados.




Esta música do Jeff Berlin irá exigir muito estudo e dedicação, não deixa de seguir aquela velha história de tocar as partes separadas e depois tentar juntar tudo. Cada parte desta música será uma boa forma de estudar um pouco mais o seu instrumento e tentar criar uma linguagem bem voltada para o fusion.
Abraços e até a próxima coluna!

Nenhum comentário: