quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Adquira seus Livros e Songbooks!

Olá pessoal!
Para quem não adquiriu os meus livros.


Aqui está a página com maiores informações.

http://femtavares.blogspot.com.br/p/livros-e-songbooks.html

Abraços e até a próxima!

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Iron Man - Black Sabbath

Olá Pessoal!

Nesta semana disponibilizei a transcrição da música "Iron Man" da banda Black Sabbath, esta música conta no baixo com o genial Geezer Butler!

Esta e outras transcrições estão disponíveis para alunos do meu curso particular de Contrabaixo chamado "Contrabaixo Essencial"


Aqui está o link da tablatura


Abraços e bons estudos!

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Estudo 7 - Escalas

Olá Pessoal!

Nesta coluna irei abordar notas de passagem utilizando as escalas: maior e menor.
Sobre os acordes de Am, F, C e G iremos utilizar algumas notas comuns da escala. O maior problema na aplicação de escalas é que temos uma quantidade grande de notas e a dificuldade para trabalhar com elas, eu sempre penso em utilizar estas notas como passagem para o próximo acorde.

No exemplo 1 temos a base utilizando somente as fundamentais, no exemplo 2 temos uma passagem com uma nota, perceba como eu utilizo estas notas para chegar ao próximo acorde, no exemplo 3 eu utilizo duas notas para passar ao próximo acorde, e no exemplo 4 eu utilizo três notas, tente criar variações com estas ideias (uma, duas ou três notas de passagem), depois acrescente os nossos elementos harmônicos anteriores (5ª, 8ª e Tríade).
No último exemplo temos uma variação da altura da tônica e com isso uma aplicação diferente dos elementos harmônicos e também algumas variações da quantidade de notas na passagem.


As escalas também podem ser utilizadas na construção de frases, neste caso é importantíssimo ser coerente com o que a música pede, cuidado para não carregar a levada e deixar de lado a principal função do Contrabaixo que é dar sustentação rítmica e harmônica para a música.

O playback é o mesmo do estudo 5

Um abraço e até a próxima coluna!

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Apostilas a venda no site Oficina de Guitarra!

Olá pessoal!

É com imenso prazer que anúncio mais uma parceria com uma empresa séria e com vontade de trabalhar bastante!

Agora meus livros estarão a venda pela Oficina de Guitarra - Diego Araújo grande parceiro e profissional.



Quem quiser adquirir os meus livros e de outros músicos é só entrar lá no site da Oficina de Guitarra e ver o que tem de legal por lá!

Segue o link para quem quiser adquirir o livro Contrabaixo Essencial - Vol.1

http://www.oficinadeguitarra.com.br/index.php/lojavirtualoficina/apostilas-e-livros-de-guitarra/contrabaixo-essencial-detail

E para quem quiser adquirir o songbook "O melhor do Classic Rock" segue o link

http://www.oficinadeguitarra.com.br/index.php/lojavirtualoficina/apostilas-e-livros-de-guitarra/o-melhor-do-classic-rock-baixo-detail

Agora é hora de produzir mais e mais!

Abraços

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Bass Clinic Chris Squire

Olá Pessoal!
Nesta semana temos no blog uma matéria especial sobre Chris Squire.

Chris Squire




Christopher Russell Edward Squire, (Londres, 4 de março de 1948) é um músico famoso por seu trabalho como baixista da banda de rock progressivo Yes, da qual é co-fundador e único membro constante. Dono de uma técnica de palheta precisa e um timbre inconfundível, Chris Squire impressiona também pelo uso de notas síncopadas, frases muito rápidas e linhas matadoras sobre compassos alternados. Outra característica do baixista são as frases que criam uma espécie de contraponto com os outros instrumentos. É muito interessante estudar não só a parte motora das linhas, mas também a relação com o que os outros instrumentos estão fazendo.
Durante a década de 80 o som do Yes mudou muito, e isso se deve em grande parte ao fato de Chris Squire adaptar as suas linhas de Baixo a um som mais voltado para o Pop, mesmo assim podemos encontrar algumas linhas complexas para este estilo de musica. Hoje em dia o Baixista alterna os momentos virtuoses da década de 70 com o Pop dos anos 80.

And You and I

Música do álbum “Close To The Edge”. Este é um pequeno dueto de Baixo e teclado que ocorre por volta de 1:26, ele esta na tonalidade de Ré maior. Existe um segundo baixo gravado neste trecho que fica tocando a nota Ré, por isso os acordes tem sempre a nota Ré no baixo.



Close To The Edge


Esta é uma suíte de quatro partes e quase vinte minutos cheia de frases “encrencadas”, mas o trecho escolhido é uma parte que ocorre por volta de 6:44, e é feita sobre duas fórmulas de compasso diferentes. A parte harmônica é bem simples já que são usadas tônicas dos acordes nos compassos 1, 2, 5 e 6, e frases são feitas sobre a pentatônica de Lá menor nos compassos 3, 4, 7 e 8, o interessante aqui é a parte rítmica muito bem diversificada e muito rápida, sendo necessário um conhecimento maior de leitura musical e também uma execução mais precisa.



Heart of the Sunrise


Música do álbum “Fragile”. Apesar da introdução matadora e todas as outras partes de extremo virtuosismo desta musica, o que mais chama a atenção é a base de voz, uma linha de Baixo de extremo bom gosto. Ela ocorre por volta de 4:11 e se repete depois sempre uma oitava abaixo. No primeiro acorde temos uma tríade descendente de “Bbm” no segundo ele sobe a escala Pentatônica do acorde (Eb) a partir da Terça menor, nos três próximos compassos ele abre com um ligado e finaliza na fundamental (C, Bb e Ab respectivamente), a passagem para o quinto compasso é feita pela tríade (Bb), e a linha é finalizada em Ab.


Into The Lens


Esta música pertence ao álbum “Drama”. Este é um dos álbuns mais fantásticos da banda no que diz respeito ao Contrabaixo, já que existem linhas complexas e cheias de virtuosismo. O trecho escolhido é uma ponte que ocorre por volta de 4:08, é necessário aqui uma técnica de mão direita muito boa para se executar os compassos em semicolcheia. São usadas as tônicas dos acordes para a construção da linha e a Pentatônica de Dó menor para a frase no final do trecho.



I’ve Seen All Good People


Esta música pertencente ao “Yes Álbum”. O exemplo faz parte do segundo trecho da música chamado All Good People e se inicia em 3:32. A frase se repete todas as vezes que não tem voz, e foi criada sobre dois acordes A e B, não é de difícil execução, mas o Baixista com exceção do primeiro compasso sempre começa a frase no contratempo, dando uma sonoridade bem interessante para a frase. A escala utilizada para a construção deste trecho é a escala mixolídio para os dois acordes.



Leave It


Esta música pertence ao álbum “90125”, da década de 80. Apesar de Squire ter mudado sua forma de tocar neste álbum trabalhando mais com o groove, vemos neste trecho um pouco de sua característica, as notas em contratempo e que não seguem somente a fundamental do acorde. A frase abre no contratempo e é usada a sétima de Dó (Bb), indo para a terça de Fá (A), depois temos a escala de Dó maior e a sétima de Ré menor (Dó) para fechar o primeiro compasso, no segundo compasso é usada à nota Dó que dura dois acordes (C e F), a frase é finalizada na quinta (Sol) do último acorde que é C7, no terceiro e quarto compassos o Baixista repete a ideia, mudando apenas alguns intervalos.



Owner of a lonely heart


Esta é a música mais conhecida do Yes, onde o baixista mudou totalmente a sua característica de construção de frases. Neste trecho que corresponde à introdução, mas é utilizado em toda a base da música com exceção da ponte, o baixista toca as tônicas dos acordes. A frase contém alguns contratempos, mas sem muitas dificuldades de se executar, eu transcrevi no final uma frase que só é tocada na introdução em sextinas, e que é dobrada com a guitarra e o teclado.



Parallels


Esta música deveria ter saído no primeiro álbum solo do Baixista, mas acabou entrando no Álbum “Going For The One”. O trecho escolhido ocorre por volta de 3:14 e funciona como um refrão da musica. Repare que a harmonia é bem simples (Em, D e C), mas o Baixista conseguiu criar uma sonoridade interessante para o trecho com seus arpejos e notas no contratempo. Note que as acentuações dos acordes são antecipadas, e aparece um acorde que não pertence a tonalidade de Mi Menor que é o Si bemol.



Bons estudos e até a próxima semana!

quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Songbook - The Beatles - Please Please Me - Parte 3

Olá Pessoal!

Nesta semana temos a terceira parte do Songbook "Please Please Me" da Banda The Beatles, este material é exclusivo para os alunos do Curso "Contrabaixo Essencial" do Professor Fernando Tavares.
Para maiores informações sobre o curso envie um e-mail para femtavares@gmail.com ou acesse www.femtavares.blogspot.com.br

Abraços e até a próxima matéria!

segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Slap 03

Olá pessoal!

Nesta semana continuaremos a coluna de Slap, trabalhando agora com as aproximações cromáticas, basicamente é a mesma coisa que os exercícios anteriores só que utilizando aproximações.

Exercício 1


Neste primeiro exercício temos a aproximação com o Thumb em semínimas.

Exercício 2


Neste exercício temos as aproximações no Thumb tocando em colcheias.


Exercício 3


Agora temos as aproximações acrescentando às respectivas oitavas com o Pop.


Exercício 4


Agora temos uma variação rítmica no Thumb utilizando semicolcheias.


Esta sequência pode ser praticada com a música “Allright” do Jamiroquai, apesar de a harmonia ser um pouco diferente as fundamentais tocadas são iguais.

Vídeo-aula - Slap 03




Abraços e até a próxima coluna!

sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Revista Bass Player - Edição 36 - Paul McCartney

Olá pessoal!

Nova edição da Revista Bass Player com o mais representativo baixista da música pop... Sir Paul McCartney na matéria de capa!

Foto: Breve nas bancas!
http://www.bassplayerbrasil.com.br/agosto2014

Adquira a edição do mês sem custo de frete em:
https://www.editoramelody.com.br/bp/?area=anteriores
E o legal é que esta revista trás muitas novidades!

-Agora eu sou o editor didático da revista e tenho um trabalho mais participativo ao lado do editor chefe Henrique Inglez de Souza!

-Outra novidade é que temos mais um excelente profissional trabalhando conosco na revista que é o grande Rodrigo Brizzi e ele já deu as caras nesta matéria de capa em parceria comigo.

-Nesta edição também temos um novo time de colunistas, mas antes de apresentá-los não tem como não agradecer aos excelentes Sergio Pereira, Ricardinho Paraíso, Adriano Giffoni e Bruno Migliari pelas excelentes colunas e grande profissionalismo, logo, logo eles estarão de volta colaborando conosco.
As novas colunas e os seus respectivos colunistas que escreverão nas próximas edições são:
-Zuzo Moussawer - Improvisação
Fábio Dubaixo - Two Hands
Ximba Uchyama - Jazz Fusion
Fernando Tavares - Contrabaixo de 6 Cordas

Nesta edição ainda temos o amigo Bj Bentes na ABC do Baixo e Fernando Savaglia na Arte & Manhas.

- E não podemos deixar de lado a transcrição da música "Isso aqui tá bom demais" com o grande Luizão Maia no Baixo!

Boa leitura e bons estudos para todos!