terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

Harmonia - Aula 02 - Escala Maior


Olá pessoal!
Nesta semana daremos continuidade ao curso de harmonia aqui no site, sendo que nesta coluna estudaremos a Escala Maior.
Vamos começar respondendo a pergunta, o que é uma escala?
Segundo a Enciclopédia do Estudante da editora Moderna "escala é a sucessão de notas ordenadas do grave para o agudo (ascendente) ou do agudo para o grave (descendente). Existem vários tipos de escala, derivando da quantidade de notas e dos intervalos que as formam. Esta é a definição mais precisa e abrangente, visto que outras definições acabam esbarrando em algumas exceções". 
A escala maior é formada por Tom, Tom, Semitom, Tom, Tom, Tom e Semitom.
Utilizando como base a escala de teremos:


Do 1º ao 2º grau a distância é de tom, do 2º ao 3º grau é de tom, do 3º ao 4º grau é de semitom, do 4º ao 5º grau é de tom, do 5º ao 6º grau é de tom, do 6º ao 7º grau é de tom e do 7º ao 8º grau a distância é de semitom.
As outras escalas são montadas utilizando a mesma regra.
Exemplo: Escala de Sol Maior.
G - Sol, A - Lá, B - Si, C - Dó, D - Ré, E - Mi, F - Fá e G - Sol
Perceba que entre o 6º (Mi) e o 7º () grau não temos a distância que se pede de um tom, e sim de um semitom. Então devemos alterar o sétimo grau em um semitom ascendente, passando de para Fá sustenido.
Concluindo que a escala de Sol maior é formada por:


Todas as escalas maiores são formadas pelos mesmos intervalos (T, 2ª Maior, 3ª Maior, 4ª Justa, 5ª Justa, 6ª Maior e 7ª Maior), lembrando que estudaremos intervalos em uma aula posterior. Como trabalhamos sempre com as mesmas distâncias entre as notas, as escalas maiores terão a mesma digitação que a escala de maior. Abaixo o modelo padrão para a escala de maior. 


Estude este modelo e para transportá-lo para outra escala, basta mudar sua fundamental para a nota desejada e digitar o resto da escala da mesma maneira que o desenho acima.

Vídeo



Bons estudos e até a próxima coluna!

Nenhum comentário: