sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

Baixista do Mês - O Estilo de Flea - Parte 2


Olá pessoal!
Estamos de volta para a segunda parte da coluna com as principais ideias musicais do Flea.
Para quem não estudou a primeira parte, o link da primeira coluna está aqui:

Californication

Este trecho corresponde a “bass line” principal da música, sendo ela construída sobre dois acordes Am (Im) e F (bVI) e a melodia foi feita utilizando a pentatônica de Lá menor sobre o acorde de Am e a penta maior de Fá para o acorde de F, em outros trechos o baixista explora as notas da escala de cada acorde (escala de Lá menor natural para o acorde de Am e Fá lídio para o acorde de F) criando outras sonoridades para estes acordes.


Higher Ground

Esta música é um cover do cantor Stevie Wonder, e mantém a característica da versão original, só que com um “punch” muito maior do que na versão de Stevie. A “bass line” foi construída utilizando a pentatônica de Mi menor e a técnica de Slap. Nesta música é exigida uma técnica de Slap bem desenvolvida pelo andamento ser bem elevado e também um bom entendimento rítmico, já que a música é feita utilizando tercinas (três notas por tempo), sendo esta levada conhecida como "shuffle".


Monarchy of Roses

Este trecho corresponde ao refrão da música e a linha de baixo é feita com as características do estilo "Dance Music". O baixista utiliza a fundamental na primeira colcheia e duas semicolcheias com a oitava para completar um tempo, esta ideia é repetida nos quatro tempos do compasso e em todos os compassos do refrão, respeitando os respectivos acordes (C, Em, D e Bm).


Factory of Faith

Nesta música o baixista utiliza um abafado e um Slide da nota até o Si bemol no primeiro compasso do exemplo e na levada utilizou a fundamental e a terça menor do acorde de Dm no segundo e no quarto compassos e a fundamental e a quinta no sexto e oitavo compassos do exemplo. Para o terceiro e sétimo compassos ele utilizou a pentatônica de Si bemol com um cromatismo entre a quarta e a quinta do acorde de Bb, no compasso 5 ele utilizou a fundamental e a sétima maior de Bb e fundamental e oitava de C e no último compasso do exemplo o baixista utilizou a fundamental de Bb e a fundamental e quinta de C


The Adventures of Rain Dance Maggie

Nesta música o baixista utiliza a escala de Mi menor natural sobre o acorde de Em com uma passagem cromática para a fundamental do próximo acorde (C). Sobre o acorde de Dó foi utilizada a escala pentatônica de Dó com um cromatismo para a fundamental do acorde de Em. No compasso 3 a passagem cromática é substituída pela terça menor do acorde de Em e no compasso 4 é utilizada a escala maior no sentido descendente para substituir o cromatismo.

Esta é a segunda e última parte da coluna que demonstra as ideias deste grande baixista através de exemplos das suas linhas de baixo. 
Lembrando que esta matéria foi publicada originalmente na edição 4 da revista Bass Player Brasil.
Abraços e até a próxima coluna!

Nenhum comentário: