Fernando Tavares

Fernando Tavares

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2021

Teoria e Análise - Estudos de Jazz - PARTE 2


Olá pessoal!

Continuamos nesta semana a coluna aqui no site sobre Jazz. Nesta coluna apresentaremos algumas ideias características deste importante e famoso estilo. Esta parte foi lançada originalmente como coluna na edição #43 da revista Bass Player Brasil. Acompanhem as colunas e deixe os seus comentários.

Vimos na coluna passada como interpretar o Real Book e também um pouco da sua história. Mostramos que na maior parte das canções temos escrito a melodia e a harmonia e nesta coluna vamos avançar um pouco mais em nossos estudos.

Como interpretar o Real Book

No Real Book também existem algumas músicas que já vem com a linha do baixo escrita, como por exemplo a música “Cantaloupe Island” do Pianista Herbie Hancock e que além da melodia e do contrabaixo, também tem a linha do piano escrita. Tente tocar em primeiro lugar a linha do contrabaixo que é conduzida pelo excepcional Ron Carter e depois tente tirar a melodia e a linha do piano. Alguns baixistas montam estudos solos mesclando as três partes.

Figura 1 e 2 - Cantaloupe Island




Agora que já sabemos o que é o Real Book e o que ele tem para nos mostrar, podemos começar a pensar como os músicos de Jazz. Na próxima coluna passarei alguns exercícios básicos que utilizo para os alunos treinarem tríades e tétrades utilizando os temas que temos neste livro, ou seja, mãos a obra neste mês com estes dois tópicos, pois vamos precisar deles na mão na próxima edição. Bons Estudos!

Nenhum comentário: