Fernando Tavares

Fernando Tavares

terça-feira, 3 de agosto de 2021

Estudos de Jazz - PARTE 8 - O Conceito 2 e 4



Olá pessoal!

Estamos de volta com a nossa coluna mensal sobre Jazz. Nas colunas anteriores trabalhamos com a compreensão de como o estilo funciona, além de introduzirmos os walking bass. Ademais aplicamos estas ideias em Autumn Leaves.

Lembrando que são dois pontos que norteiam estas nossas colunas: (1) passar como os músicos do estilo pensam, por meio de ideias harmônicas, melódicas e rítmicas e (2) aplicar em um repertório que tenha elementos suficientes para contribuir para o crescimento do estudante.

Desta forma, buscamos aprimorar o conhecimento do estilo por músicas clássicas que formem o vocabulário do estudante.

Antes de continuarmos, precisamos saber, como andam as tétrades sobre Autum Leaves?

Nesta semana vamos utilizar as tétrades da coluna anterior só que pensando em um conceito rítmico muito utilizado pelos músicos de Jazz.

No Jazz é importantíssimo que o segundo e o quarto tempo soem mais fortes que o primeiro e o terceiro. Deste modo, quando estiver estudando tente tocar as notas sobre o segundo e o quarto tempos acentuadas. Vale ressaltar que muitos músicos estudam o walking com o metrônomo marcando somente estes dois tempos.

Entendemos a dificuldade para se estudar desta maneira, então vamos demonstrar um passo a passo para adquirir a proficiência para tal execução.

Exercício 1


Vamos trabalhar as pulsações de semínimas a uma velocidade de 140bpm. Em nossos estudos, normalmente utilizamos o metrônomo marcando cada semínima no compasso 4/4.

Podemos visualizar esta ideia, com a sílaba "Tá" representando o metrônomo:

Metrônomo:        Tá          Tá          Tá          Tá
                             1            2            3             4

No Jazz, o metrônomo deve marcar o tempo desta maneira:

Metrônomo:                        Tá                        Tá
                               1            2            3             4

Para tanto, coloque o metrônomo pulsando em 70bpm e marque o dois e quatro. Aconselho contar até se sentir confortável com a marcação. Além do mais, isso fará com que você aprenda a tocar com suingue similar ao dos músicos de Jazz.

Abaixo segue um II, V, I em Dó maior com as notas que devem ser acentuadas marcadas com o sinal de >.


O ideal seria o auxílio de um professor para vocês desenvolverem este conceito. Para aqueles que tiverem dificuldades, utilizem uma bateria eletrônica com o ritmo de jazz, pois ela provavelmente o auxiliará a tocar com o suingue. Mas lembre-se, a bateria é como uma rodinha de bicicleta, uma hora você terá que abandoná-la para poder andar, ou seja, o estudo de jazz com o metrônomo marcando o dois e o quatro é imprescindível para quem quiser desenvolver a linguagem do estilo.

Abraços e até a próxima coluna!

Nenhum comentário: